25 de jul de 2011

Magnificat music

Amy Jade Winehouse foi uma cantora e compositora de soul, jazz e R&B do Reino Unido. Amy também foi muito conhecida por seus escândalos públicos e pelo uso de drogas. Os problemas de Amy com drogas e álcool foram noticiados pelos meios de comunicação ao redor do mundo desde 2008. Em junho de 2008 o pai de Amy revelou aos jornalistas que ela estava com uma possível arritmia cardíaca por conta do uso abusivo de cocaína e cigarro. Seu primeiro álbum, Frank, lançado em 2003 pela Island Records, foi muito bem recebido, comercial e criticamente, e o segundo, de 2006, Back to Black, deu a ela seis indicações ao Grammy Awards, nos quais venceu cinco. Em 2009, Winehouse garantiu estar se recuperando. Ela já havia vendido 505 mil cópias de seus dois discos anteriores no Brasil, segundo a revista semanal VejaEm 2010, Amy terminou seu tratamento na reabilitação e finalmente parecia ter se libertado das drogas, podendo concentrar-se no seu terceiro disco, esperado para janeiro de 2011, fato que não ocorreu. No seu último show, em 19 de junho de 2011, em Belgrado, a cantora teve uma atuação em que era visível o seu estado de embriaguez, levando a assobios por parte dos fãs sérvios. Ficou assim provado, que a cantora não se tinha ainda curado do alcoolismo. No dia 23 de julho de 2011 foi encontrada morta em seu flat em Londres. A polícia informou que a causa de sua morte ainda não foi explicada. Fica aqui nossa homenagem a umas das vozes mais belas do jazz contemporâneo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário